Olá

Nasci poeta; amante da vida, e da natureza...Falo de perto aos animais, adoro abraçar as arvores...
Cheiro de grama cortada me faz sonhar, pisar na terra molhada me remete a vida.
Um por de lua cheia no mar exibindo seu palco prateado me faz dançar, rodopiar...
Assim sou eu...no meu espelho!
***********************************


Oração a Caliope,musa grega da escrita

Calíope,deusa das letras
Bela e desejada musa da literatura
Livrai-me dos invejosos que roem os meus versos com veneno nos dentes
Poupai-me dos charlatões,que anseiam sua graça de tal maneira,que esquecem a ética e a roubam dos braços de quem a possuí verdadeiramente.
Afastai de meus passos o rastejar de serpentes que desconhecem a verdadeira essência da musa
Dos que a usam para inflarem egos
cegos a sua verdadeira beleza
Surdos a sua divina natureza
Oh mãe da inspiração,perdoai-me por ter que guarda-la de tais chacais
E sendo assim,também,de seus leitores
seus devotados e sinceros amantes
Diva dos sonhos e das flores
Desculpai-me por ter de traze-la entre mortais
Em um mundo onde não és compreendida
Onde poucos a respeitam
e tantos a sujam com suas condutas pobres e humanas
Com a gana insana de tê-la,rasgando -lhe as vestes
Estuprando-a,deturpando-a,tomando-a á força
pelo furto e o plágio.
Dorme em meu colo,enquanto a Hidra inflama
a sua inveja e pus pelas narinas.
Evoé,poesia
Seu filho poeta.

Narciso Negro


***PRESERVE SEMPRE A AUTORIA!
DIREITOS AUTORAIS SÃO PROTEGIDOS PELA LEI Nº 9610/98 E VIOLÁ-LOS É CRIME ESTABELECIDO PELO ARTIGO 184 DO CÓDIGO PENAL BRASILEIRO.

sábado, 19 de novembro de 2016

Navegar...




Vou navegar
ao sabor da tua correnteza
mesmo que fique a deriva
mesmo que corra o risco do naufrágio.
Vou me deixar levar
sem me importar sequer em respirar.
E se por isso eu morrer,
não será pior
do que o risco que corro em não viver...

Vuch@

Tornado



Passou, como passam os ventos
levantou poeira de sentimentos 
amarelou sorrisos enganou os corações.
Passou rapidamente, 
como se devem passar as ilusões. 
Foi magico ressurgir do turbilhão
Viveu apenas o quanto foi preciso,
durou o tempo certo do paraiso... 

Vuch@

21:46
16/04/2016

Alento



Meu inverno pede beijos,
mesmo que as vezes
apenas queixas 
envolvam meus desejos 
Meu frio pede carinhos
mesmo que fingidos, 
mesmo que sozinhos...
Estou a merce de dias cinzentos
preciso de sonhos 
prá ser meu unguento...
No frio esmoreço,
preciso do seu sol 
prá ser o meu alento...

 Vuch@ 
10:39 
28/04/2016

Permanencia



Tantas vezes quis
tantas desisti
me enganei me iludi
variei, substitui,
e você ainda está aqui!

 Vuch@

Pássaro na Neve



Pássaro na neve
voa pesado
asas bloqueadas
em busca do sol...
Apontam para o céu;
mas só o vento frio,
enregelando,
está presente...

Vuch@
12:06 
15/05/2016

Respeito



Não quero q gostem de mim,
a mim basta que me admirem
e respeitem minhas convicções.
Não quero que me amem ou me desejem.
Adoro viver assim em paz,
sem nada querer e nada esperar;
um dia apos o outro, sem sobressaltos,
nem amarguras ou decepções.
Não quero que me queiram,
pois brinquedo quebrado que sou
não mais sei corresponder.

Vuch@
12:10 
29/06/2016

Covardia



Em que ponto da estrada virei as costas
e fugi dos meus sentimentos?
Em que parte da vida 
aprendi a negar a paixão?
Como foi que aprendi
a me agarrar na zona de conforto
para evitar sofrer?
Em que momento do destino
selei meus lábios aos beijos
me fazendo presa da covardia?

13:17 
09/07/2016

Rebeldia



Eu sou da geração rebelde,
que gritava seus valores;
sou da geração apego
que morria de amores...
Sou da geração blues,
que gritava sentimentos
em forma de musica
Não me venha falar de desapego,
sou apaixonada e não peço arrego,
não sou de correr...
Sou fera da intensidade
escrava da vontade...
Ah esse povo que vem e passa
nossa que sem graça...
Sou do morrer de amor para viver!

Vuch@

16:35 
13/07/2016

Amo




Amo o sol,
amo a vida;
amo dançar...
Amo os felinos
a natureza,
amo o mar...
Amo meu rio
o céu azul
o arco íris;
amo as flores
arvores, raízes
minhas diretrizes...
Amo a neblina
que o mundo
me descortina...
Amo tudo isso
e pra completar,
amo amar!

Vuch@

Filha da Terra




Sou filha da terra.
A lua me chama
para seus caminhos,
o sol me energiza
o fogo me transmuta;
o vento me impulsiona
e a agua me limpa.
Sou filha da terra
e da mãe natureza...
Falo aos animais 
e abraço arvores
sinto cada flor
cada folha que cai
cada estação que muda
cada fase lunar...
sou bruxa, sou fada
Sou fogo,sou terra,
sou agua e ar!

Vuch@
15:40 
30/03/2016

Vida...




Estamos numa estrada...
curvas e ladeiras fazem parte.
Sol e chuva...tempestades
viver e isso, haja vontade!
Sorrisos e lagrimas
encontros e desencontros
tristezas e alegrias,
a vida, um privilegio,
viver é uma arte!

Vuch@
15:49 
 31/07/2016

Caminhando




Assim levo a vida...
alguns dias de bem, 
outros de mal...
uns dias açucarados
outros com sal!
Não esqueço a alegria
de amar a vida
e de amar a mim,
nem deixo meu lado menina
embora o espelho desminta;
mas ja nem vejo tanto assim...
E vou caminhando os dias,
prá la da metade
mas longe do fim...

Vuch@
15:49 
01/08/2016

Opostos




Entre pagã e cristão,
entre juventude e maturidade.
Entre altos e baixos,
entre experiencia e impericia,
entre o bem, e o mal;
tudo se perdeu...
Quem mais perdeu?
Fui eu...

Sou...



Eu sou o girassol da minha chuva
eu sou a chuva do meu girassol
intensa, imprudente e sem temores
não resisto ao desafio de um anzol
A tempestade sempre me fascina
saio na chuva que é prá me molhar
A aventura me serve como uma luva,
a desventura entra sempre em seu lugar.
Porque sou alma que nunca sossega,
bebo da vida para me acalmar...

Vuch@
12:32 
03/10/2016

Criança



Da criança

só a lembrança

ou nem isso

mas la no fundo

no meu mundo

a alma ainda dança... 



Vuch@
20:11 
11/10/2016

Planeta Lindóia



Já vi muita incoerência
em nome da tradição,
politico risca faca
bebado na contra mão
Manguaça em festa de igreja
e de escola também;
do mais novo ao mais velho
não escapa quase ninguém...
ja vi professor maluco
falando muitos absurdos,
piscina publica paga,
foguete sem hora certa;
porém nada tão contraditório,
como zumba no velório...

Vuch@
11:03 
23/10/2016

Impasse




Solidão errante o que você procura?
Qual o seu caminho,qual a sua cura?
Quer estar aflita mesmo que sozinha...
Ou quer companhia mesmo que a seu preço, 
perder o sossego na adrenalina,
coração batendo ao dobrar a curva...
Resolva o que quer, a duvida enlouquece
ou você desiste, ou você domina! 

Vuch@ 
11:33 
03/11/2016

Chamado



Que vento e esse
que veio bater na minha janela
pra me acordar?
Será o redemoinho da vida 
querendo me chamar?
Serão teus sussurros 
batendo na porta
dizendo que Inês 
ainda não é morta?
Ou apenas minha insonia, 
cavalgando a madrugada;
e dos meus medos fazendo piada...
Vucha
05:37 
19/11/2016

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Biografia




Já fui caça...já fui caçadora
 ja fui vitima e já fui ré.
Já fui acusada e também redimida 
ja fui cruel e já tive dó.
Hoje espectadora contemplando a vida
não atiro pedras nem desato nós;
apenas caminho este meu caminho,
eu e minha alma, unidas a sós... 


Vuch@

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O insólito



Quero um haras de unicórnios.
Um campo de girassóis vermelhos.
Quero um baton sabor amarula.
Um lago de gelatina de abacaxi.
Quero um vestido de borboletas 
e que elas possam voar livres.
Quero mergulhar no universo 
do improvável,
 e que o insolito seja meu guia

Vuch@

25/09/2015
10:10

domingo, 18 de setembro de 2016

Amordaçada





O que fazer do verão;
Alice sem maravilhas,
 Cinderela sem sapatos 
cigarra sem violão...
O que esperar do verão;
 se a formiga amordaçada
 já não canta mais coitada
de tristeza está calada
 ja não tem mais coração
Melhor ficar no inverno
 protegida em seu casulo
 lagarta dessa estação...

 Vuch@


sábado, 13 de agosto de 2016

Estrada



Estamos numa estrada...
curvas e ladeiras fazem parte.
Sol e chuva...tempestades
viver e isso, haja vontade!
Sorrisos e lágrimas;
encontros e desencontros,
tristezas e alegrias,
A vida, um privilegio...
viver é uma arte!

Vuch@
15:49
Lindóia 31/07/2016

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Girassol...gira, sol.





Girassol...gira minha vida
minha cabeça em tua direção
Gira, ainda que efêmero
o teu caminhar...
Gira em novas sementes
em outras colheitas
em outro brilhar!
Gira sol, conduz meus passos
em direção a tua luz!


Vuch@
Lindóia
14:23 
10/08/2016

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Náufraga



Sou naufraga...de um rio represado 
que não mais escapa dos olhos 
e que por dentro afoga-me 
em gritos sussurrados 
que teimam em não emergir,.
E assim me afogo em mazelas 
as quais coleciono para subsistir...

Vuch@

08/08/2016
19:20
Lindóia

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Filha da Terra




Sou filha da terra.
A lua me chama
para seus caminhos,
o sol me energiza
o fogo me transmuta;
o vento me impulsiona
e a agua me limpa.
Sou filha da terra
e da mãe natureza...
Falo aos animais 
e abraço arvores
sinto cada flor
cada folha que cai
cada estação que muda
cada fase lunar...
sou bruxa, sou fada
Sou fogo,sou terra,
sou agua e ar!

Vuch@
15:40 
Lindoia-30/03/2016

Navegação




Vou navegar
ao sabor da tua correnteza
mesmo que fique a deriva
mesmo que corra o risco do naufrágio.
Vou me deixar levar
sem me importar sequer em respirar.
E se por isso eu morrer,
não será pior
do que o risco que corro em não viver...

Vuch@

Preciso




Preciso da efervescência,
como a água precisa ser gaseificada
para burbulhar.
Preciso da purpurina,
como ela precisa refletir a luz
para brilhar!
Preciso movimento
como as estatuas precisam de gestos
para a graça capturar...
Na calmaria me perco; me procuro não me acho
tenho medo de parar.

Vuch@
17:39
12/04/2015

Turbilhão



Passou, como passam os ventos
levantou poeira de sentimentos 
amarelou sorrisos enganou os corações.
Passou rapidamente, 
como se devem passar as ilusões. 
Foi magico ressurgir do turbilhão
Viveu apenas o quanto foi preciso,
durou o tempo certo do paraiso... 

(Vuch@)

21:46
Lindóia- 16/04/2016

Carencia




Meu inverno pede beijos,
mesmo que as vezes
apenas queixas envolvam meus desejos 
Meu frio pede carinhos
mesmo que fingidos, 
mesmo que sozinhos...
Estou a merce de dias cinzentos
preciso de sonhos 
prá ser meu unguento...
No frio esmoreço,
preciso do seu sol 
prá ser o meu alento...

 Vuch@ 

10:39 
28/04/2016

Permanência



Tantas vezes quis
tantas desisti
me enganei me iludi
variei, substitui,
e você ainda está aqui!

 (Vuch@)

Pássaro na neve




Pássaro na neve
voa pesado,
asas bloqueadas
em busca do sol
apontam para o céu...
Mas só o vento frio
enregelando
está presente...

Vuch@
12:06 
15/05/2016

Não




Não quero que gostem de mim,
a mim basta que me admirem
e respeitem minhas convicções.
Não quero que me amem ou me desejem.
Adoro viver assim em paz,
sem nada querer e nada esperar;
um dia apos o outro, sem sobressaltos,
nem amarguras ou decepções.
Não quero que me queiram,
pois brinquedo quebrado que sou
não mais sei corresponder.

Vuch@
12:10 
29/06/2016

Covardia




Em que ponto da estrada virei as costas
e fugi dos meus sentimentos?
Em que parte da vida 
aprendi a negar a paixão?
Como foi que aprendi
a me agarrar na zona de conforto
para evitar sofrer?
Em que momento do destino
selei meus lábios aos beijos
me fazendo presa da covardia?

13:17 
09/07/2016

Rebeldia




Sou sou da geração rebelde,
que gritava seus valores;
sou da geração apego
que morria de amores...
Sou da geração blues,
que gritava sentimentos
em forma de musica
Não me venha falar de desapego,
sou apaixonada e não peço arrego,
não sou de correr...
Sou fera da intensidade
escrava da vontade...
Ah esse povo que vem e passa
nossa que sem graça...
Sou do morrer de amor para viver!

Vuch@

16:35 
13/07/2016

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Alento





Meu inverno pede beijos,
mesmo que as vezes
apenas queixas envolvam meus desejos 
Meu frio pede carinhos
mesmo que fingidos, 
mesmo que sozinhos...
Estou a mercê de dias cinzentos
preciso de sonhos 
prá ser meu unguento...
No frio esmoreço,
preciso do seu sol,
prá ser o meu alento...


Vuch@

10:39 
28/04/2016

domingo, 17 de abril de 2016

Tornado


Passou, como passam os ventos
levantou poeira de sentimentos 
amarelou sorrisos enganou os corações.
Passou rapidamente, 
como se devem passar as ilusões. 
Foi magico ressurgir do turbilhão
Viveu apenas o quanto foi preciso,
durou o tempo certo do paraiso... 

(Vuch@)

21:46
Lindóia- 16/04/2016

sábado, 19 de março de 2016

Utopia


Ah se eu pudesse 
pegar uma estrela
a quem eu daria?
Daria a criança triste?
Ao orfao de amor?
Daria aos cegos da beleza?
Ao humano sem piedade?
Aos sós sem universo,
ou aos poeta sem versos?
Guardaria egoisticamente
em meu coração
para mante-lo aceso???





Vuch@
14:40 
Lindóia-19/03/2016


domingo, 13 de março de 2016

METAMORFOSES





Me transformo em vida
me transformo em dor.
Assumo branco e preto 
ou sequestro a cor...
Voo pelo espaço
ou rastejo a terra;
ando muito em paz
ou me rendo a guerra.
Sou metamorfose,
sou camaleoa;
posso ficar seria
ou sorrir a toa...
Posso amar delirios
ou captar geleiras,
vivo a própria sorte;
posso amar a vida 
ou sorrir pra morte...

Vuch@

14:35 
13/03/2016

segunda-feira, 7 de março de 2016

Procura





Procuro um homem,
que saiba ser companheiro,
mas que saiba que não vai
me possuir por inteiro...

Que me respeite como um ser que sou,
e faça de mim sua parceira,
e não sua fiel sombra.

Procuro um homem que goste de amar...
mas que saiba respeitar
aquele dia em que estou
introspectiva, calada,
que saiba que além de sexo,
quero também ser a sua namorada!

Procuro um homem que saiba beber...
mas sem se exceder!

Um homem que aceite meu passado...
minhas glórias, fracassos..
que mesmo quando triste, esteja ao meu lado!

Que queira uma mulher para apreciar,
e não uma criança para manipular.

É essencial a transparência...
não confundir com sub-serviência!

Que me permita a dignidade,
de ser eu mesma!

Um homem que entenda
que será importante no meu universo.

Mas que este é muito rico,
e terei também outras preferências!

Um homem que fuja do lugar comum...
mas que entenda que rotina,
embora uma coisa dura,
as vezes é uma necessária disciplina,
para não beirar a loucura!

Que me dê algum confôrto...
esta coisa de um amor e uma cabana,
já é um papo morto!

Um homem que não seja alienado,
que não queira me alienar...

E entenda o significado
global, profundo, amplo da palavra AMAR!

Vuch@

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Teimosia



Rosa desfolhada 
pétalas no chão
bordas secas, queimadas 
espinhos já sem razão 
mas ainda o perfume 
marcante a se espalhar 
inútil e triste adereço
insiste em reinar... 

Vuch@

22:40 
27/02/2016

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Viva!



Meu grito de liberdade
provocará terremotos
abalará amizades
tremerá estruturas familiares,
e virá o tributo.
Mas a viuvez é pesada,
e me declaro livre 
sob todos os protestos,
todas as confusões,
e todas as consequencias...
Como phoenix renasço das cinzas!
Viva!

Vuch@

O vôo





Quando as aves voam
coração fica inquieto
como as ondas do mar
revoltas e rebeldes.
E a gente quer seguir
para ir em busca
do que as aves vão buscar...
liberdade, talvez?
talvez o calor do sol?
ou apenas emoções
para tornar a vida 
menos vazia?

Vuch@

14:28 
31/01/2016

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Mergulhos




Mergulhos,
fundos demais
podem afogar;
É preciso
subir á tona
e respirar...

vuch@
10:31 
08/12/2015

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Alma





Alma rebelde e atormentada;
cansada de ver dedos em riste,
que não entendem que nem tudo
possui o mesmo formato.
Alma cigarra...quer cantar
embora tantas mordaças
queiram calar sua voz.
Mas ela prefere ser calada com beijos
prefere sonhar desejos
não se deixa dominar...
Alma cigana... viverá enquanto viver!



11:20 
03/12/2015

sábado, 28 de novembro de 2015

Ilusão



Toda paixão
é uma tormenta de verão
cai, desaba, inunda
e parece que nunca vai passar
mas passa, rápido demais
e o sol volta a brilhar
secando todo chão sem te molhar...
Toda paixão 
é uma bolhinha de sabão 
cuidado não fura não
 porque ela não volta mais 
e você não mais se verá multicor 
poderá recair na sua dor do desamor 
só porque tentou pegar!

 Vucha

domingo, 22 de novembro de 2015

VOCÊ!




Nunca a beleza,
mas um sorriso de não sei que
um jeito de olhar sem olhar
um jeito de sair sem chegar
nunca a beleza...
e sim a graça sem graça
a maneira de não ser,
e me deixar assim sem saber
ausências de presenças
o quente, o frio
e eu só, naufragando meu navio...


Vuch@

15:14 
22/11/2015

domingo, 8 de novembro de 2015

Folha Temporã



Fiquei tanto tempo enterrada
sob a terra enregelada
sem esperar mais brotar
semente temporã, vida abortada
e quando não esperava mais nada
folhas brotaram me fazendo germinar... 

(Vuch@)

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Hoje





Hoje sou a noite
melancólica e profunda.
Sou a noite indecente
procurando morceguinhos;
sou a noite da coruja
sabia e soturna...
Hoje sou a noite
sem esperanças do amanhã
correndo contra o tempo
sem querer amanhecer.
Sou a noite de profundas estrelas
despejando pedidos
insólitos desejos
imaginários e impossíveis
Hoje sou a noite, 
e assim para sempre o serei...



Vuch@
10:56 
28/10/2015

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Fêmea castrada




Queria saber
aonde você leva seus beijos
a quem você destina 
seus desejos...
Aonde você leva esse andar gingado,
esse olhar indecente
de gato manso e abusado...
Queria saber,
só por curiosidade
sem te tocar,
fêmea castrada que estou
Saber só pra sonhar
só pra embarcar nessa viagem
sem destino,
sem tempo;
e sem bagagem...


Vuch@

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Fantasia



Passou 
como passam as nuvens
que vão mudando seu formato...
Passou e se foi 
junto ao beijo que eu não provei 
e junto ao toque 
que me recusei a sentir...
Passou como uma ultima fantasia; 
e da janela eu apenas assisti ... 

Vuch@
04:47 
04/10/2015